Carta de Princípios e Adesão

Carta de Princípios e Adesão

O momento sociopolítico e econômico do país tem sido cada vez mais desafiador, com graves ameaças aos processos democráticos e à participação popular. Estão em curso violações aos direitos humanos e da natureza. Os processos antidemocráticos estão gerando violências em todos os âmbitos de participação e da dignidade humana.
A participação popular e a construção de uma nova cultura política em vista de um Projeto Popular para o Brasil, baseado em valores democráticos e soberanos de justiça e de fraternidade, e a construção coletiva de bases consistentes de acesso a Terra, Teto e Trabalho, e garantia de respeito à dignidade humana e à natureza, são necessárias e urgentes.
O Papa Francisco nos inspira como liderança mundial que incentiva o diálogo, a cultura do encontro entre diferentes, em favor da paz. Ao promover Encontros Mundiais com os Movimentos Populares e com os Povos da Amazônia, diálogo com jovens economistas do mundo inteiro e o “Pacto Global pela Educação”, ele nos encoraja a realizar a 6ª Semana Social Brasileira.
A 6ª SSB é uma iniciativa da Igreja Católica no Brasil, por meio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, com Movimentos Sociais do campo e da cidade, Organizações da Sociedade Civil, Igrejas Cristãs, Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais. Esta Semana tem como tema central “Mutirão pela Vida: por Terra, Teto e Trabalho”, e como eixos estruturais: economia, democracia e soberania. São objetivos da 6ªSSB: articular pessoas de boa vontade, igrejas, movimentos sociais e populares, e a sociedade brasileira para o envolvimento nos processos sociopolíticos do país; realização de Mutirões Populares, resultando em processos de mobilização, formação e proposição de ações concretas de incidência política e transformação social nos âmbitos local e nacional; possibilitar levantamento e sistematização das violações dos direitos humanos e da natureza que afetam o acesso e a dignidade e conquista da Terra, Teto e Trabalho, contribuindo para elaboração e concretização de um Projeto Popular para o Brasil.
A 6ª SSB convoca todas as pessoas de boa vontade ao engajamento concreto pela superação das desigualdades sociais existentes no Brasil, buscando abranger todo o território nacional e tendo como unidade as orientações metodológicas, que se regerão pelos seguintes princípios:

  • A participação popular, o protagonismo dos excluídos/as e das vítimas que tem seus direitos negados ou violados.
  • A mobilização ampla de todas as forças vivas da sociedade (eclesiais e não eclesiais).
  • O respeito e protagonismo à diversidade cultural e equidade de gênero, geração, raça e etnia, presença dos leigos/as, sem discriminação de manifestação de fé.
  • Espaços de reflexão e aprofundamento do diagnóstico da realidade sócio-política e econômica, para tomada de posicionamentos políticos e sociais, assim como ações concretas em nível local e nacional.
  • Formação sobre os temas: Terra, Teto e Trabalho, e eixos estruturais: democracia, economia e soberania, através da realização de Mutirões Populares.
  • Vivência da espiritualidade que relaciona fé e política, manifesta indignação e profecia e gera compromisso de construir um mundo de paz, justiça e solidariedade como sinal do Reino de Deus presente na história do povo.

É fundamental que os Mutirões Populares, assim como as atividades propostas, se comuniquem e dialoguem permanentemente com a secretaria da 6ª SSB, possibilitando a sistematização dos processos e gerando resultados.
Convidamos sua instituição, organização, pastoral, movimento, coletivo a participar de todo o processo da 6ª SSB, tomando em consideração os princípios aqui descritos e comprometendo-se a divulgar a presente carta.

Para adesão preencha o formulário


Dom José Valdeci Santos Mendes
Presidente Comissão Episcopal Pastoral para Ação Sociotransformadora da CNBB